Em apoio à ABSOLAR e a todo ramo de empresas, investidores e consumidores da geração distribuída de energia solar, reforçamos a importância da GDFV (Geração Distribuída Fotovoltaica) para a economia e para o meio ambiente do nosso país!

Não é à toa que o Brasil é chamado de país tropical: o potencial energético fotovoltaico em nosso território se sobressai perante à Alemanha, por exemplo, que é considerado um dos líderes no uso da energia solar.

Porém, a produção de energia limpa, renovável e ilimitada não é uma das prioridades das instituições governamentais que são responsáveis pela distribuição de energia elétrica no Brasil: o monopólio exercido por grandes empresas nessa área torna os consumidores reféns de taxas abusivas, além de impedirem outros ramos, como a GD, de prosperarem e contribuírem para a economia do país.

A Campanha “BRASIL DEIXE A ENERGIA SOLAR CRESCER!” tem como finalidade divulgar os benefícios do uso dos painéis fotovoltaicos à toda a população, mostrando que além da produção de renda e emprego, essa fonte de energia renovável e inesgotável ajuda o meio ambiente, contribuindo para a preservação da pluralidade da fauna e flora brasileiras.

Como bem coloca Rodrigo Sauaia, presidente executivo da ABSOLAR, a partir de uma análise feita pela associação, tem-se R$13,3 bilhões de ganhos líquidos para todos os consumidores do setor elétrico até o ano de 2035, já descontados todos os custos.

Também é de suma importância a celeridade na normatização da geração distribuída de energia solar fotovoltaica: com o PL 5.829/2019 ainda em tramitação, o presidente ressalta a necessidade da instituição de um marco legal para a GD em meio ao cenário atual, como forma de evitar retrocessos para  o setor.

Ademais, é relevante acrescentar os números previstos para o ano de 2021: a energia solar deve gerar neste ano cerca de R$17 bilhões de investimentos e R$4,5 bilhões em arrecadação para o poder público; além disso, para cada 1 MW adicionado em GD, há a geração de 30 novos empregos locais, e, atualmente, 16% de toda a produção de energia elétrica no país é desperdiçada, o que pode ser evitado com o investimento e propagação dos painéis fotovoltaicos, que aliviam a conta de luz de todos os consumidores e extinguem possíveis perdas em energia elétrica.

Nosso país precisa da energia solar: a pandemia mostrou o quão caro são as taxas cobradas pelas distribuidoras tradicionais de energia, fortalecendo a desigualdade frente a um serviço que deveria alcançar a todos e evidenciando os preços abusivos e que estão em desacordo com a renda dos cidadãos brasileiros.

O Brasil pode e deve investir na GDFV! Não há desvantagens: devemos dar ao povo a possibilidade de construir um presente melhor e um futuro estável e sustentável! Por isso insistimos na campanha propagada pela ABSOLAR, “BRASIL DEIXE A ENERGIA SOLAR CRESCER!”, a qual é sinônimo de “Energia Solar em crescimento significa desenvolvimento econômico e sustentável para todos!”.

POR: DIANA DANIELE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *